Blog

SAÚDE E BEM-ESTAR

Assine gratuitamente para receber dicas, atualizações e outros materiais.

Veja também...

Top Alimentos Saudáveis: Ovo

O ovo é considerado um alimento nutricionalmente completo, podendo ser comparável ao leite materno, pois reúne todos os nutrientes indispensáveis à vida. É ideal para o consumo de todos os indivíduos por ser composto basicamente por proteínas na clara e na gema, além de ser economicamente acessível.


Apresenta vitaminas do complexo B, A, E, K e minerais como: fósforo, ferro, selênio e zinco, que regulam o organismo, além dos carotenoides como a luteína e zeaxantina. E por ser uma proteína de origem animal é de alto valor biológico, fornecendo os aminoácidos essenciais que nosso corpo é incapaz de sintetizar.


O colesterol presente em sua gema, também tem propriedades fisiológicas importantes ao organismo. Apesar de o colesterol estar presente em quantidade razoável, em vários estudos epidemiológicos não foram encontrados nenhuma relação entre consumo de ovo e risco de doenças coronárias.



A Colina, um nutriente que faz parte do Complexo B contido na gema é um importante componente do cérebro, mantendo a integridade de suas membranas celulares e melhora a memória, além de garantir a saúde do fígado.


Estudo aponta que o consumo de ovo pode estar relacionado a um maior tempo de saciedade e diminuição da ansiedade.


O colesterol é de origem animal e não deve ser visto apenas como vilão, pois possuem efeitos benéficos uma vez que faz parte da estrutura das membranas celulares e participa da síntese de hormônios esteroides, síntese do ácido biliar responsável pela digestão das gorduras que ingerimos e, sem o colesterol, os níveis de Vitamina D são diminuídos. A maior parte do colesterol é produzida pelo nosso fígado e uma pequena parte, devemos ingerir consumindo alimentos de origem animal.



Os guias dietéticos dos Estados Unidos e a Associação Americana do Coração recomendam uma ingestão diária de não mais de 300 miligramas de colesterol. Se ingerirmos em falta ou excesso promove um desequilíbrio nos níveis de colesterol sanguíneo. E o que pode causar problemas de saúde como a hipertensão e bradicardia são outras substâncias (as aminas) contidas no ovo, que se tornam nocivas quando os ovos são armazenados e processados de forma incorreta.



O consumo de ovos é relativamente baixo no Brasil, mas devida as novas pesquisas, o consumo dos ovos vem sofrendo uma reabilitação. As doenças isquêmicas do coração não estão ligadas apenas aos hábitos alimentares, mas também, com os fatores do desgaste físico-psicológico, o sedentarismo, hábito de fumar, história familiar, diabetes, obesidade, hipertensão e nível de estrógeno nas mulheres.


Segundo pesquisadores, a gema do ovo não é a responsável pelo aumento de colesterol no sangue, pois o colesterol específico do ovo pode ser metabolizado de forma benigna pelo corpo humano. E o aumento do colesterol não está relacionado com a ingestão de ovos e sim com a obesidade e o baixo consumo de fibras.


Em estudo japonês foi demonstrado que não havia nenhuma associação entre o consumo de até quatro ovos ou mais por semana e o infarto agudo do miocárdio não fatal. Muitas pesquisas demonstram que o consumo de ovo aumenta a quantidade de LDL-c, mas favoravelmente também aumenta a quantidade de HDL–c, que é considerado um fator benéfico preventivo da aterosclerose.


Os ovos enriquecidos com o ômega 3, podem trazer benefícios nutricionais aos homens e serviria como uma alternativa para o consumo de pescados em regiões onde o seu consumo é baixo pelo alto custo. O seu consumo vem sendo relacionado com a diminuição de agentes cancerígenos (câncer de próstata e colorretal), pois estes possuem grandes funções fisiológicas que podem reduzir os riscos de desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis. É benéfico também em gestantes, principalmente no primeiro trimestre de gestação, na formação fetal e desenvolvimento da criança.


Maiores esclarecimentos para uma terapia nutricional adequada e tratamento para a obesidade, procure o profissional médico endocrinologista e o nutricionista, que trabalham com saúde e longevidade.


Dra. Lia Lima




Referências:

ASSIS, D.C.S; MENEZES, L.D.M; LIMA, A.L; KLEIN, R.W.T; HENEINE, L.G.D; ORNELLAS, C.B.D; FIGUEIREDO, T.C; CANÇADO, S.V. Avaliação da qualidade interna de ovos de consumo pela pesquisa do teor de aminas bioativas. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec. vol.68 no.2. Belo Horizonte Mar./Apr. 2016 In http://dx.doi.org/10.1590/1678-4162-7962.

Para mais

informações

Agende uma

Consulta!

Últimas Postagens

  • Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Uma atuante no metabolismo funcional e low carb que tem o objetivo de utilizar e agregar a tecnologia como complemento do tratamento de pacientes com distúrbios metabólicos, prestar informações relevantes sobre as doenças metabólicas e propiciar um meio para compartilhamento de experiências no enfrentamento dessas doenças e incentiva-los na busca de qualidade de vida!

Dra Lia Lima

CLÍNICA

Edifício Bacelar Work Center, 
R. Dr. Bacelar, 368 - Vl Clementino, Cj 51
São Paulo - SP, 04026-001

WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15.26
WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15.25
WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.46
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.47
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.48
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.45
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44

Dra. Lia Lima -  Todos os direitos reservados. © 2016 

Tel.: (11) 3181-8283

(11) 97577-9922 

  • YouTube - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle