Blog

SAÚDE E BEM-ESTAR

Assine gratuitamente para receber dicas, atualizações e outros materiais.

Veja também...

Existe relação entre obesidade e o funcionamento da tireoide?


É evidente, na pratica clínica observar que pacientes, que encontram-se acima do peso, apresentam também, valores de TSH (hormônio estimulante da tireoide) levemente aumentado, sem outras alterações laboratoriais.

Antigamente esse achado era desprezado, mesmo que muitos pacientes buscassem algum profissional que iniciasse algum tratamento, na justificativa que a tireoide seria a causadora do ganho de peso.


Hoje, o posicionamento dos especialistas é que, nessas condições, de ganho de peso com TSH aumentado (até um limite) e sem outras desordens, não se deve fazer uso de hormônios tireoidianos, pelo risco que as medicações podem causar em outros órgãos.


Mas para o bem da humanidade, existe sim, uma luz no fim do túnel..

Há uma perspectiva de lançar uma medicação tireoidiana, que não acometa outros órgãos, podendo, futuramente ser indicada para TSH aumentado, sem causa aparente. Nos obesos, por exemplo. No momento, ela não foi aprovada para uso.


Mas vale a lembrança de duas informações: pacientes com obesidade e TSH alterado parecem ter maior risco de evoluirem com doenças cardíacas e merecem atenção focada no tratamento da perda de peso, assim como após o emagrecimento, nesses casos citados, por si, pode apresentar os valores de TSH normalizados, sem tratamento específico para tireoide.

Um beijo a todos

Dra Lia Lima

Souza LL, Guedes EP, Teixeira PF, Moreira RO, Godoy-Matos AF, Vaisman M. Serum TSH levels are associated with cardiovascular risk factors in overweight and obese adolescents. J Pediatr (Rio J). 2016;92:532---8.

Para mais

informações

Agende uma

Consulta!