Blog

SAÚDE E BEM-ESTAR

Assine gratuitamente para receber dicas, atualizações e outros materiais.

Veja também...

Alimentação Anti-Inflamatória- Com Dra. Lia Lima


Existe uma dieta anti-inflamatória?

A inflamação é parte da resposta imune do corpo e sem ele, não podemos nos curar. Mas quando está fora de controle - como na artrite reumatoide - pode danificar o corpo. Além disso, é pensado para desempenhar um papel na obesidade, doenças cardíacas e câncer.

Os médicos estão aprendendo que uma das melhores maneiras de acalmar a inflamação não está no armário de remédios, mas na geladeira.


Seu sistema imunológico ataca qualquer coisa em seu corpo que reconheça como estranho - como um micróbio invasor, pólen de plantas ou um produto químico. O processo é chamado de inflamação. Intermitentes processos de inflamação dirigida a invasores protegem sua saúde.


Alimentos ricos em açúcar e gordura saturada podem estimular a inflamação. "Eles causam hiperatividade no sistema imunológico, que pode levar à dor nas articulações, fadiga e danos aos vasos sanguíneos", diz Scott Zashin, MD, professor clínico da Universidade do Texas Southwestern Medical Center, em Dallas.

Alimentos que combatem a inflamação

No entanto, às vezes a inflamação persiste, dia após dia, mesmo quando você não está ameaçado por um invasor. Isso é quando a inflamação pode se tornar seu inimigo. Muitas das principais doenças que nos afligem - incluindo câncer, doenças cardíacas, diabetes, artrite, depressão e Alzheimer - têm sido associadas à inflamação crônica.


Uma das ferramentas mais poderosas para combater a inflamação não vem da farmácia, mas do supermercado. "Muitos estudos experimentais mostraram que componentes de alimentos ou bebidas podem ter efeitos anti-inflamatórios", diz o Dr. Frank Hu, professor de nutrição e epidemiologia do Departamento de Nutrição da Escola de Saúde Pública de Harvard.


Escolha os alimentos certos, e você pode ser capaz de reduzir o risco de doença. Consistentemente escolher os errados, você pode acelerar o processo de doença inflamatória.

Alimentos que inflamatórios

Não surpreendentemente, os mesmos alimentos que contribuem para a inflamação são geralmente considerados maus para a nossa saúde, incluindo refrigerantes e carboidratos refinados, bem como carne vermelha e carnes processadas.

Tente evitar ou limitar estes alimentos tanto quanto possível:

  • Carboidratos refinados, tais como pão branco e pastelaria

  • Derivados do amigo, trigo e soja

  • Batatas fritas e outros alimentos fritos

  • Refrigerantes e outras bebidas açucaradas com açúcar

  • Carne vermelha (hambúrgueres, bifes) e carne processada (hot dogs, salsichas)

Alguns dos alimentos que foram associados com um aumento do risco de doenças crônicas, como diabetes tipo 2 e doença cardíaca também estão associados com o excesso de inflamação. Não é surpreendente, uma vez que a inflamação é um importante mecanismo subjacente para o desenvolvimento destas doenças.


Alimentos insalubres também contribuem para o ganho de peso, que é em si um fator de risco para a inflamação. No entanto, em vários estudos, mesmo após os pesquisadores levaram a obesidade em conta, a ligação entre alimentos e inflamação permaneceu, o que sugere ganho de peso não é o único condutor. Alguns dos componentes ou ingredientes alimentares podem ter efeitos independentes sobre a inflamação e aumento da ingestão calórica.

Alimentos que combatem a inflamação

No outro lado são alimentos e bebidas que foram considerados para reduzir o risco de inflamação, e com ele, a doença crônica. Observa-se em particular frutas e vegetais, como mirtilos, maçãs e folhas verdes que são ricos em antioxidantes naturais e polifenóis compostos protetores encontrados em plantas.

Incluir muitos desses alimentos anti-inflamatórios em sua dieta:

  • Tomates

  • Azeite

  • Vegetais de folhas verdes, como espinafre, couve

  • Amêndoas e nozes

  • Peixes gordos como o salmão, o atum e as sardinhas (não criados em cativeiros)

  • Frutas como morangos, mirtilos, cerejas e laranjas

Estudos também associaram nozes com marcadores reduzidos de inflamação e um menor risco de doenças cardiovasculares e diabetes. O café, que contém polifenóis e outros compostos anti-inflamatórios, pode proteger contra a inflamação, também.

Para reduzir os níveis de inflamação, aponte para uma dieta global saudável. Se você está procurando um plano de alimentação que segue de perto os princípios de anti-inflamatórios, considere a dieta mediterrânica, que é rica em frutas, legumes, nozes, grãos integrais, peixes e óleos saudáveis.

Além de reduzir a inflamação, uma dieta mais natural, menos processada pode ter efeitos visíveis na sua saúde física e emocional. Uma dieta saudável é benéfica não só para reduzir o risco de doenças crônicas, mas também para melhorar o humor e qualidade geral de vida.

Escolhas simples fazem a diferença

Quando você faz sua lista de compras, lembre-se que fresco é melhor porque é quando os nutrientes estão no seu mais alto grau. E manter essas escolhas saudáveis em mente quando jantar fora também.


Todos nós devemos comer de forma saudável, mas quando a nossa comida pode ajudar a tratar inchaço e inflamação faz ainda mais sentido comer saudável. Juntamente com outros tratamentos e terapias, uma dieta rica em ácidos, ômega e antioxidantes pode manter a inflamação longe para que você possa começar a viver livre de dor.

E se você gostou dessa postagem, não deixa de compartilhar nas redes sociais com seus amigos!

Referências

http://www.health.harvard.edu/staying-healthy/foods-that-fight-inflammation

http://www.health.com/health/gallery/0,,20705881,00.html

http://www.healthline.com/health/rheumatoid-arthritis/foods-that-reduce-inflammation#tips1

Para mais

informações

Agende uma

Consulta!

Últimas Postagens

  • Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Uma atuante no metabolismo funcional e low carb que tem o objetivo de utilizar e agregar a tecnologia como complemento do tratamento de pacientes com distúrbios metabólicos, prestar informações relevantes sobre as doenças metabólicas e propiciar um meio para compartilhamento de experiências no enfrentamento dessas doenças e incentiva-los na busca de qualidade de vida!

Dra Lia Lima

CLÍNICA

Edifício Bacelar Work Center, 
R. Dr. Bacelar, 368 - Vl Clementino, Cj 51
São Paulo - SP, 04026-001

WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15.26
WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15.25
WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.46
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.47
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.48
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.45
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44

Dra. Lia Lima -  Todos os direitos reservados. © 2016 

Tel.: (11) 3181-8283

(11) 97577-9922 

  • YouTube - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle