Blog

SAÚDE E BEM-ESTAR

Assine gratuitamente para receber dicas, atualizações e outros materiais.

Veja também...

A Atividade Física está Ligada à Saúde do Cérebro, diz um novo estudo de Alzheimer


Os cientistas que estudam a doença de Alzheimer descobriram que permanecer moderadamente ativo pode levar a funções mais saudáveis ​​do cérebro nas pessoas em risco de desenvolver a doença, potencialmente nos dando outra pista de como vencer a condição.

Em particular, a pesquisa analisou o metabolismo da glicose, o processo que dá às células cerebrais a quantidade certa de combustível, e isso também acontece com o início da doença de Alzheimer.

Cientistas da Universidade de Wisconsin-Madison descobriram que os participantes do estudo que passaram mais de uma hora por dia a participar do exercício físico moderado apresentaram maiores níveis e níveis mais saudáveis ​​de metabolismo da glicose do que aqueles que não o fizeram.

"Este estudo tem implicações para orientação de" prescrições "de exercícios que poderiam ajudar a proteger o cérebro da doença de Alzheimer", diz um dos integrantes, Ryan Dougherty.

"Enquanto muitas pessoas ficam desanimadas sobre a doença de Alzheimer, porque sentem que há pouco que podem fazer para proteger contra ela, esses resultados sugerem que o envolvimento em atividade física moderada pode retardar a progressão da doença".

O estudo usou acelerômetros para medir a atividade física de uma semana de 93 voluntários de meia idade, todos com alto risco genético de Alzheimer, mas até agora não apresentam sinais cognitivos da doença.

A atividade física foi dividida em luz (o equivalente a andar lentamente), moderado (uma caminhada rápida) e vigoroso (uma corrida extenuante). Os dados coletados foram então comparados com os níveis de metabolismo da glicose no cérebro.

Usando uma técnica de imagem especial chamada tomografia de emissão de positrão 18F-fluorodeoxiglucose (FDG-PET) para rastrear o metabolismo da glicose, os pesquisadores encontraram padrões mais saudáveis ​​em pacientes moderadamente ativos em todas as áreas do cérebro sob observação.

O link é suficiente para os pesquisadores sugerirem que o exercício físico é um "contribuinte importante" para a saúde do cérebro para aqueles que estão em risco de doença de Alzheimer, embora também enfureça que pesquisas adicionais são necessárias para estabelecer como permanecer ativo pode estar conectado às chances de desenvolver a doença de Alzheimer Mais tarde na vida.

Muitos estudos anteriores encontraram associações entre o exercício e a memória melhorada, e há uma crescente pilha de evidências de que o exercício aumenta o poder do cérebro assim como outras partes do corpo. Agora, precisamos descobrir como a Alzheimer se encaixa em tudo isso.

Um pequeno estudo de 2016 descobriu que o exercício poderia ser um fator na reversão dos efeitos da doença de Alzheimer, ao lado das mudanças na dieta e nos hábitos de sono e um programa personalizado de vitaminas e outras drogas.

Exercícios diários, como jardinagem ou caminhadas, já são recomendados para aqueles que sofrem de demência - assim como apenas sobre todos os outros -, mas os cientistas ainda estão tentando identificar os detalhes.

De acordo com um dos pesquisadores, Ozioma Okonkwo, a pesquisa em andamento continua a examinar de perto como o exercício poderia talvez proteger o cérebro do início da doença de Alzheimer na parte traseira desse novo estudo.

"Ver uma conexão quantificável entre atividade física moderada e saúde cerebral é um primeiro passo emocionante", diz ele.

Por hoje é isso, espero que gostem!


Muito Obrigada, Mil Beijos e Fiquem em Paz


Dra. Lia Lima


E se você gostou dessa postagem, não deixa de compartilhar nas redes sociais com seus amigos!

Para mais

informações

Agende uma

Consulta!

Últimas Postagens

  • Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Uma atuante no metabolismo funcional e low carb que tem o objetivo de utilizar e agregar a tecnologia como complemento do tratamento de pacientes com distúrbios metabólicos, prestar informações relevantes sobre as doenças metabólicas e propiciar um meio para compartilhamento de experiências no enfrentamento dessas doenças e incentiva-los na busca de qualidade de vida!

Dra Lia Lima

CLÍNICA

Edifício Bacelar Work Center, 
R. Dr. Bacelar, 368 - Vl Clementino, Cj 51
São Paulo - SP, 04026-001

WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15.26
WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15.25
WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.46
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.47
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.48
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.45
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44

Dra. Lia Lima -  Todos os direitos reservados. © 2016 

Tel.: (11) 3181-8283

(11) 97577-9922 

  • YouTube - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle