Blog

SAÚDE E BEM-ESTAR

Assine gratuitamente para receber dicas, atualizações e outros materiais.

Veja também...

12 Frutas que Ajudam a Emagrecer- Com Dra. Lia Lima


Consumir frutas e vegetais suficientes todos os dias pode ser um desafio para algumas pessoas, mas todos sabemos que é importante. Não só as frutas e vegetais contêm nutrientes que suportam as funções diárias dos nossos corpos, mas pesquisas mostram que esses alimentos podem ajudar a reduzir o risco de certos cânceres e doenças crônicas.


Além de transmitir esses benefícios para a saúde, frutas e vegetais frescos geralmente são baixos em gordura e calorias, o que pode torná-los uma escolha atraente para as pessoas que tentam manter seu peso em dia. No entanto, você deve ser cauteloso sobre o consumo de frutas principalmente se você está tentando cortar carboidratos da sua alimentação para perder peso.



Afinal, frutas contêm muito açúcar e carboidratos?

É verdade, frutas contêm carboidratos, mas isso não é motivo para deixá-los fora do seu prato. Frutas e vegetais contêm quantidades variáveis ​​de carboidratos, de modo que é necessário escolher os bons, nas quantidades certa, significa que você pode aproveitar os benefícios desses alimentos deliciosos e versáteis enquanto você se mantém num estilo de vida Low Carb.


Em uma dieta com baixo teor de carboidratos – Low Carb – segue-se a regra especifica de evitar frutas, pelo menos para uma certa parte da dieta. Isso ocorre porque o fruto tende a ter um maior teor de carboidratos do que a maioria dos vegetais, devido à maior quantidade de açúcares que possuem naturalmente. Mas esses açúcares não são nada ruins - para a maioria das pessoas, em quantidades apropriadas, todos podem servir um propósito saudável sem ir ao mar nos carboidratos.


Os três tipos de açúcares encontrados em frutas são glicose, frutose e sacarose. A glicose é a fonte de energia preferida e padrão do corpo para o cérebro e os músculos, bem como para todas as outras células do corpo. A frutose é metabolizada exclusivamente pelo fígado, o que é diferente de como o corpo metaboliza a glicose. Embora algumas pesquisas tenham advertido contra o consumo regular de níveis elevados de frutose, este conselho aplica-se à frutose adicionada, como o xarope de milho ou o néctar de agave.


A sacarose pode ser mais familiar para você como "açúcar de mesa", mas também ocorre naturalmente em algumas frutas. Nossos corpos são equipados com uma enzima para transformar glicose e frutose e depois metabolizá-lo como cada um desses açúcares individuais. Se o seu médico recomendou que evite o açúcar ou a frutose em particular, você deve seguir os pedidos do seu médico. Mas, se não, você provavelmente pode encontrar uma maneira de ajustar a fruta em sua dieta baixa em carboidratos.


Alguns tipos de frutas têm menos carboidratos por porção padrão, principalmente devido à sua maior quantidade de água, ou têm menos carboidratos absorvíveis devido ao alto teor de fibras. Esses carboidratos absorvíveis são frequentemente referidos como carboidratos líquidos. A fibra é um hidrato de carbono, mas é um que seu corpo não pode absorver, por isso não afeta o açúcar no sangue, como outros carboidratos. Então, algumas pessoas consideram os carboidratos líquidos mais importantes do que os carboidratos totais.


Para obter o valor líquido de carboidratos de um alimento, basta subtrair os gramas (g) da fibra que contém dos seus carboidratos totais.


Aqui está uma lista das melhores frutas com baixo teor de carboidratos.



1. Melancia

Esta fruta por excelência do verão apresenta o menor teor de carboidratos, com apenas 7,55 g por 100 g de fruta. É baixo em fibra, então a maior parte desse carboidrato é absorvida. A melancia também é alta em vitamina A e tem um alto teor de água, que irá saciá-lo enquanto fornece menos calorias. Mesmo a casca tem benefícios para a saúde!


2. Morangos

Os morangos têm o menor número de carboidratos de todos os tipos de berries, enquanto as amoras têm o menor número de carboidratos líquidos. Para cada 100 g de morangos, você terá 7,68 g de carboidratos e 2 g de carboidratos, produzindo uma rede de 5,68 g de carboidratos. Para cada 100 g de amoras, você terá 9,61 g de carboidratos, mas 5,3 g de fibra, com apenas 4,31 g.


3. Framboesas

As framboesas também são uma excelente escolha, pois tem apenas 5,44 g de carboidratos por dose de 100 g. Eles também são uma excelente fonte de antioxidantes, potássio e vitamina C entre muitos outros nutrientes. E eles contêm fitoquímicos, que são compostos que podem prevenir certas doenças crônicas.


4. Abacates

Sim, os abacates têm um conteúdo de carboidratos relativamente baixo. Para cada 100 g de abacate, você vai ingerir aproximadamente 8,53 g de carboidratos, 6,7 g de fibra, apenas 1,83 g de carboidratos! Além disso, que se servir de abacate lhe dará gorduras monoinsaturadas saudáveis, que são conhecidas por serem boas para a saúde do coração, entre outros benefícios.

Você pode consumir abacate no café da manhã, em uma salada ou sirva com ovos cozidos.


5. Pêssegos

Um deleite doce e suculento, os pêssegos surpreendentemente não têm muitos carboidratos. Por cada 100 g de fruta, você receberá 9,54 g de carboidratos e 1,5 g de fibra, com apenas 8,04 g de carboidratos. Para um lanche baixo em carboidratos, sirva-os com queijo cottage.


6. Blackberries

Os Blackberries existem há centenas de milhares de anos. Romanos e gregos até os usaram para tratar doenças e gota. Eles foram cozidos e servidos em uma grande variedade de pratos também. Enquanto eles são deliciosos, eles também têm alguns benefícios surpreendentes para a saúde.


As amoras são carregadas com vitamina C, K e manganês que podem ajudar com a função cerebral e motora, promover uma pele mais saudável e reduzir a inflamação. Eles têm um alto do ácido elegíaco e da antocianina, que também tem demonstrado ajudar a suprimir a mutação celular e diminuir o crescimento do câncer.


7. Ameixas

As ameixas também são fibrosas como as framboesas, contendo 8 g de fibra (e 7 g de carboidratos líquidos) por 1 xícara de porção. Isso pode ajudar a diminuir o apetite e aumentar da sensação de saciedade que ajuda com o processo de perda de peso quando combinado com outros ingredientes com alto teor de gordura.


8.Mirtilos

Os mirtilos contêm uma quantidade densa de antioxidantes e vitamina C, o que pode ajudar a promover a pele saudável. Em alguns estudos, até mesmo os mirtilos demonstraram ter um efeito antiviral em infecções que afetam a pele. Os mirtilos tem maior quantidade de carboidratos, totalizando 17,4 g de carboidratos líquidos por porção de 1 xícara. Embora eles compartilhem muitos dos benefícios para a saúde, eles têm um conteúdo de frutose muito maior e devem ser cuidadosamente moderados ao consumir.


9. Tomates

As vezes referidos como vegetais, os tomates são bastante importantes para mencionar aqui. Eles são comumente consumidos em uma dieta cetogênica na forma de molhos ou adicionados como um intensificador de sabor em muitas receitas. Eles contêm muitos micronutrientes e vitaminas essenciais, mas são mais comumente usados ​​para suas propriedades ácidas. Os tomates podem se somar rapidamente nos carboidratos, portanto, certifique-se de usá-los com moderação.


10. Melão

Geralmente não pensamos em melão quando falamos em frutas com baixo teor de carboidratos, mas podem conter quantidades de carboidratos surpreendentemente baixas e podem ser consumidas com moderação, mas, como com outras frutas, você sempre deve estar atento ao quanto você consome.


11. Maçãs

Embora existam muitos tipos de maçãs para escolher, geralmente todos devem ser evitados devido ao alto teor de açúcares. As maçãs Granny Smith têm o maior conteúdo de compostos para ajudar a prevenir distúrbios associados à obesidade, mas não mostrou nenhum efeito sobre a perda de peso. Eles também têm o menor açúcar de qualquer variedade de maçã, mas ainda entram em um enorme 10,8 g de carboidratos líquidos por 100 g de porção (cerca de 3/5 de uma maçã). As maçãs Gala, Golden / Red, Liberty e Fuji vêm um pouco mais de açúcar, com cerca de 11,5 g por 100 g. Se você estiver seguindo uma dieta cetogênica, as maçãs são muito altas em teor de açúcar para serem consideradas para consumo.


Evite estes sempre que possível, uma vez que eles se somam rapidamente nas contagens de carboidratos. Se você simplesmente não pode viver sem maçãs, tente usá-las com moderação em porções pequenas.


12.Bananas

As bananas têm 25g de carboidratos por 100g de porção (o tamanho de uma banana média), então você não deve considerar comer numa dieta baixa em carboidratos e cetogênica. São frutos amiláceos e afetarão muito o açúcar no sangue.

Mantenha essas listas de opções de frutas com baixo teor de carboidratos perto para ajudar escolher as frutas mais adequadas para o seu plano de emagrecimento.


Atenção: Sempre tenha cuidado com as frutas adicionadas aos itens preparados. Suco de frutas, frutas enlatadas e lanches de frutas tendem a ter açúcar adicionado e não são considerados bons. Verifique sempre os rótulos dos alimentos antes de comprar itens. A maioria das outras frutas que não estão listadas aqui devem ser evitadas, pois seu conteúdo de açúcar é muito alto.


>>Lembre-se sempre de verificar informações nutricionais antes de consumir frutas, pois podem adicionar rapidamente carboidratos e podem causar uma parada no seu progresso em perda de peso.


Você quer limitar a ingestão de carboidratos, por isso é melhor manter frutas com baixo teor de carboidratos. Tente manter o consumo de frutas em uma quantidade moderada, apenas ocasionalmente comendo e sem excesso.


>>Lembre-se que o fruto é essencialmente o doce por natureza, portanto, contém grandes quantidades de frutose e pode ter consequências negativas quando consumido com o objetivo de emagrecer.



E se você gostou dessa postagem, não deixa de compartilhar nas redes sociais com seus amigos!

bjs;draa;lia lima

Para mais

informações

Agende uma

Consulta!

Últimas Postagens

  • Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Uma atuante no metabolismo funcional e low carb que tem o objetivo de utilizar e agregar a tecnologia como complemento do tratamento de pacientes com distúrbios metabólicos, prestar informações relevantes sobre as doenças metabólicas e propiciar um meio para compartilhamento de experiências no enfrentamento dessas doenças e incentiva-los na busca de qualidade de vida!

Dra Lia Lima

CLÍNICA

Edifício Bacelar Work Center, 
R. Dr. Bacelar, 368 - Vl Clementino, Cj 51
São Paulo - SP, 04026-001

WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15.26
WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15.25
WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.46
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.47
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.48
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.45
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44

Dra. Lia Lima -  Todos os direitos reservados. © 2016 

Tel.: (11) 3181-8283

(11) 97577-9922 

  • YouTube - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle