Blog

SAÚDE E BEM-ESTAR

Assine gratuitamente para receber dicas, atualizações e outros materiais.

Veja também...

Dieta Anti-cortisol- Com Dra. Lia Lima

Alimentação anti-cortisol


Chegamos na postagem de como programar a alimentação na finalidade de "afrouxar" a carga da adrenal, para que ela deixe de secretar tanto cortisol. O que fazer? Vamos lá


Busque alimentos ricos em Triptofano:



Isso porque o triptofano é fonte para forma serotonina, neurotransmissor reduzido quando há o excesso de cortisol. Através dele, há melhora do humor, sono, fome e apetite voraz.


Onde? Chocolate amargos, carnes, aves (sem hormônios, faz favor), peixes e ovos, ervilha.


Aumente ingesta de alimentos ricos em Magnésio



Já que o cortisol se comunica com o cérebro, que tal ajudar o cérebro a enviar as mensagens neurológicas corretas? Sabemos que o magnésio participa desse sistema, que está descontrolado pelo excesso de cortisol.


Onde? castanhas, tâmaras e amendoim, folhas verdes.

Beta-sitosterol é excelente para adrenal


Sim, ao que parece, essa substância reduz o cortisol.


Onde encontrar? No abacate.

Reduza alimentos "adrenalizantes"



Cafeína, gengibre, pimenta e canela, utilize-os sabidamente pela manhã, mas evite-os a noite. Refrigerante, termogênicos e energéticos nem pensar!


Retire os alimentos industrializados:


Precisa explicar que eles causam doenças? Se sim, lê essa postagem aqui


Retire o excesso de carboidratos e prefira os carboidratos complexos - low carb


Lembra na postagem sobre excesso de cortisol, onde expliquei que ela promovia aumento da glicose no sangue e desenvolvia diabetes? É Por isso..

QUER SABER MAIS SOBRE CORTISOL E ADRENAIS: CLIQUE AQUI


Os 7 PILARES do tratamento


Não esqueça de que o tratamento para redução de cortisol consiste em uma estratégia de 7 pilares, de forma que todos eles devem ficar no topo de prioridade.


A falta de atenção em um desses pilares permite que a glândula adrenal ainda se mantenha produzindo cortisol em excesso. Então além da dieta anti-cortisol, atente-se aos outros itens. São eles:


Exercícios físicos:


Atingir a meta de realização de atividade física em torno de 150 minutos semanais. O tipo do exercício deve ser aquele que te trás prazer.


Poder ser qualquer um, de forma que atinga o tempo ao longo da semana na intensidade moderada (que leva ao corpo aquecer e ficar ofegante).

Como você deve distribuir esses 150 minutos ao longo de sua semana?

Da forma que dá, dentro da sua escala semanal.Não vale ficar fazendo “selfie” durante a prática de exercícios físicos, hein!


Hidratação:


A substância H2O participa de todas as reações celulares, de forma que é essencial a presença dessa molécula para reações químicas equilibradas.

A sede é sinal de alerta, é estado grave de desidratação, portanto, não permita isso acontecer.

Crie uma estratégia em ingerir entre 2-2,5 litros de água por dia, no mínimo.

Se você não costuma beber água com frequência, atente-se nesse pila, pois ele é primordial!


Conecte-se consigo:


Costumo falar que para alcançar saúde de forma completa, precisa-se dar atenção ao seu corpo, de forma completa também. A isso, damos o nome de medicina holística. Somos corpo e alma. Os médicos têm competência para tratar o corpo, mas como fica a alma?

Ah, e alma você pode chamar de espirito ou energia ou luz... estou me referindo a mesma coisa.Se somos um só: corpo e alma. Como ter saúde se você só cuida do corpo? E o resto? Atenção, suas doenças podem estar vindo daí e o uso de medicamentos só vai servir para “tapar o sol com peneira”.

Para se conectar consigo você consegue através da meditação, oração ou mesmo medito-oração. Faça aquele que for mais respeitoso para você, nesse momento.

Procure parar por 10 minutos ao dia e escutar apenas a sua respiração, realizada através do nariz, de boca fechada, escutando e pensando apenas na respiração, se for para pensar, procure comunicar-se com Deus.


Identifique os fatores estressores:


Se a glândula adrenal produz cortisol como resposta ao estresse, é tanto quanto primordial aos outros itens, identificar o fator que está te levando ao “stress”, pois se não, como a glândula poderá deixar de se estimulada? Procure identificar esses fatores no trabalho, nas relações pessoais e familiares, na forma que você leva a vida e a organiza, e resolva-os. Caso não se sinta preparado para enfrenta-los, procure um terapeuta para te ajudar a identificar esses fatores e refletir uma forma e o melhor momento de resolve-los. 5-


Tenha momentos de relaxamento


Sem muito a ter de explicar esse item.

Crie hábitos de lazer e aproveite. Sugiro desligar-se do celular.


Aproxime-se de pessoas que te fazem bem


E afaste-se daquelas que te fazem mal. Afastar-se não é desprezar alguém ou ser covarde, é apenas poupar-se para se fortalecer. Lembre-se que seus problemas, em algum momento devem ser resolvidos, e afastar-se dele por um momento pode ser uma estratégia para alcançar a vitória.




QUER MAIS?

TENHO UM CURSO ONLINE PRA TE AJUDAR A MUDAR ALIMENTAÇÃO E HÁBITOS!!!

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS






Então mãos à obra!

E se você gostou dessa postagem, não esquece de compartilhar com seus amigos,

Beijos e fiquem com Deus

Dra. Lia Lima



Referencias:

BARBOSA, S. M. A. et al. Qualidade de vida no serviço público – o stress e sua influência na mudança da conduta alimentar. In: 14º CONGRESSO DE STRESS DA ISMA-BR; 16° FÓRUM INTERNACIONAL DE QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO. Anais... São Paulo, 2013.

OLIVEIRA, C. M. Impacto do estresse crônico associado a um modelo de obesidade sobre atividades comportamentais e marcadores hormonais e bioquímicos. Porto Alegre: UFRGS, 2013. Mestrado (Mestrado em Ciências Médicas) – Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2013.

BITTENCOURT, Karen Freitas; VAZ, Julio Cezar; ZANIN, Rafael Fernandes. REVISÃO DA LITERATURA: OBESIDADE, ALIMENTAÇÃO E ESTRESSE. SEFIC 2015, 2017.

Para mais

informações

Agende uma

Consulta!

Últimas Postagens

  • Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Uma atuante no metabolismo funcional e low carb que tem o objetivo de utilizar e agregar a tecnologia como complemento do tratamento de pacientes com distúrbios metabólicos, prestar informações relevantes sobre as doenças metabólicas e propiciar um meio para compartilhamento de experiências no enfrentamento dessas doenças e incentiva-los na busca de qualidade de vida!

Dra Lia Lima

CLÍNICA

Edifício Bacelar Work Center, 
R. Dr. Bacelar, 368 - Vl Clementino, Cj 51
São Paulo - SP, 04026-001

WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15.26
WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15.25
WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.46
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.47
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.48
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.45
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44

Dra. Lia Lima -  Todos os direitos reservados. © 2016 

Tel.: (11) 3181-8283

(11) 97577-9922 

  • YouTube - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle