Blog

SAÚDE E BEM-ESTAR

Assine gratuitamente para receber dicas, atualizações e outros materiais.

Veja também...

Estou com um Nodulo na Tireoide! Dra Lia Lima Explica



Você está com seu Ultrassom da tireoide na mão e encontrou um nódulo?

Então vamos juntos interpretar os resultados da imagem de nódulo tireoidiano.


Eu sei que seu maior medo é a possibilidade de malignidade do nódulo, por isso sua insegurança e dúvidas quanto como proceder diante o nódulo da tireoide.


Seu sentimento não é diferente da maioria das pessoas que buscam o médico para discutir a presença de um nódulo tireoidiano. Por isso, buscar conhecimento técnico seguro e confiar no seu médico é a melhor opção.


Cerca de 90% dos nódulos (a minoria) de tireoide são benignos (não cancerosos).


Não se preocupem com a quantidade de nódulos que você tem e sim o aspecto dele!


Analogia do nódulo da tireoide e o sinal de pele


Não é porque você tem um nódulo que você tem câncer, concorda? O nódulo tireoidiano nada mais é que um tecido sólido, no meio da tireoide. Eu gosto muito de comparar os nódulos tireoidianos com os sinais que temos na pele (nome técnico: nevos).


Vamos supor que você tem um sinal na pele, antigo, que está lá sem mudar. Você passa a mão sobre ele e sente ele mais elevado, constituição diferente da sua pele. É um sinal (nevos) que não coça, que não sangra e que não cresce, que não muda. Nesses casos, você segue a vida.


No entanto, se de repente o nevo aumenta, coça, descama ou muda de aspecto, você procurará um profissional da área, no caso, o dermatologista, certo?


O mesmo ocorre, na maioria dos casos, com os nódulos tireoidianos. O nódulo funciona como um “sinal da pele”, uma massa diferente, que na maioria dos casos, não muda de aspecto. Por isso, nós seguimos a vida e acompanhamos ele. No entanto, se ele não tem característica de “sinal de pele”, tem características estranha, seria melhor investigar mais.


A diferença do “sinal da pele” com o nódulo da tireoide é que o sinal da pele você costuma observar mais frequente, pois está fácil e acessível de ver. O nódulo tireoidiano precisa de exames de imagem para acompanhar, mas em geral, ambos devem ser observados com mesmo grau de importância, pois ambos se tratam de massa sólida diferente do tecido local, concordam?


Quando há um nódulo na tireoide, quem tem maior chance de estar diante de um câncer?


A avaliação da chance de malignidade de um nódulo depende de uma soma de fatores e não da presença exclusiva de um deles.


Abaixo eu cito as condições que mais aumentam a chance de câncer da tireoide, mas nunca esqueça de que a presença de um fator isolado reduz muito essa chance. A presença de fatores isolados é bem frequente, por isso que gostaria de deixar isso registrado nessa postagem pois minha intenção é dividir conhecimento para deixar meu leitor esclarecido e não aterrorizado!


- Os nódulos são 8 vezes mais frequentes nas mulheres, porém, os homens têm maior risco de malignidade = ser homem com nódulo é pior!

O câncer de tireoide é encontrado em cerca de 8% dos nódulos nos homens (8 em cada 100) e em 4% dos nódulos em mulheres.


- Idades extremas como <20 anos e >70 anos = crianças e idosos tem mais chance!


- Pessoas que se expuseram previamente a radiação = (exemplo: radioterapia para tratamento de câncer próximo a tireoide)


- Pessoas que já trataram previamente um câncer (qualquer local);


- Alterações sugestivas na imagem do USG da tireoide (que vou te explicar agora)

Como avaliar a imagem nodular da tireoide ao USG?


Composição: Os nódulos sólidos merecem maior acompanhamento, os nódulos mistos (sólidos e císticos), assim como os císticos, costumam ser benignos. Nódulos espongiforme que não mistos, tem baixa suspeita!


Formato: Avaliar o formato dos nódulos é de extrema importância. O desenho do nódulo ovalado é outro aspecto importante, pois o formato de ervilha em pé sugere mais atenção também! São mais altos que largos, e são mais suspeitos.


Margens: Nódulos redondinhos, de bordas regulares geralmente são benignos. Bordas irregulares merecem atenção.


Tamanho: Nodulos abaixo de 2cm costumam ser benignos.


Ecogenicidade: O ultrassom emite ondas que pulsam e emitem uma cor na imagem. Os nódulos da tireoide podem ter a mesma cor emitida no tecido da tireoide normal, chamamos isso de isoecoico. Podem apresentar com mais escura, os hipoecoicos ou mais claros, os hiperecoicos. Os mais escurinhos (hipoecoicos) merecem melhor atenção!


Localização: Nódulos localizados em uma região da tireoide chamada istmo merece cuidados,


Vascularização: A vascularização do nódulo representa a informação de que aquela massa recebe bem nutrientes ou não. Quando o fluxo de sangue que chega ao nódulo é do tipo periférico, sinal de que ele é mal-nutrido, caso o fluxo seja central, deve-se ficar de olho.


Calcificação: Avaliar se há presença de calcificação no local ou não.


Tudo isso o médico avalia quando recebe seu USG em mãos..

Qual o próximo passo?


Se você tem nódulo na tireoide recém diagnosticado, o primeiro passo é procurar seu médico e realizar seus exames de sangue para avaliar a função da tireoide. Clique aqui e entenda sobre os exames laboratoriais da tireoide!!!.


Se a tireoide apresentar hipertireoidismo, outros procedimentos serão feitos para investigação e tratamento. No entanto se sua tireoide funciona normalmente, ou mesmo se você está com hipotireoidismo, o médico vai avaliar todo o contexto que descrevi acima nessa postagem e te orientar que o tratamento é acompanhar anualmente ou se há necessidade de realização de punção por aspiração com agulha fina - PAAF (retirada de parte do tecido da massa para saber se é benigno ou não).




Segue abaixo algumas indicações de PAAF:


1-Nódulos com muito baixo risco de malignidade e maiores de 2cm


2- Nódulos com baixo risco de malignidade e maiores de 1,5cm


3- Nódulos com intermediária ou baixo risco de malignidade e maiores de 1,0cm


4- Nódulos menores de 1cm: se estiverem no istmo (local no meio da tireoide), se apresenta invasão de área fora da tireoide, ou pacientes com história de risco de câncer elevado, se já teve câncer de tireoide antes, se tem linfonodos com metástase, entre outros aspectos que o médico deve avaliar com um conjunto de informações.


Leia mais sobre a PAAF aqui.


Espero que tenham gostado dessa postagem, deixa seu comentário e compartilha para as pessoas que estão angustiadas com seu nódulo na tireoide!

Fiquem com Deus!

Beijos e beijos

Dra Lia Lima


Outras postagens:

Suplementação para tireoide - aqui

Obesidade e tireoide - Aqui

Selênio e tireoide - aqui






Referencias:

VILAR, L; NAVES, L; FREITAS, M.C et al. Avaliação e Manuseio dos Nódulos tiroidianos. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. V.44; N.5; P.247-267. São Paulo, outubro 2000.

SALABE, G. B. Pathogenesis of thyroid nodules: histological classification?. Biomedicine & pharmacotherapy, v. 55, n. 1, p. 39-53, 2001.

KWONG, Norra et al. The influence of patient age on thyroid nodule formation, multinodularity, and thyroid cancer risk. The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, v. 100, n. 12, p. 4434-4440, 2015.

Para mais

informações

Agende uma

Consulta!

Últimas Postagens

  • Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Uma atuante no metabolismo funcional e low carb que tem o objetivo de utilizar e agregar a tecnologia como complemento do tratamento de pacientes com distúrbios metabólicos, prestar informações relevantes sobre as doenças metabólicas e propiciar um meio para compartilhamento de experiências no enfrentamento dessas doenças e incentiva-los na busca de qualidade de vida!

Dra Lia Lima

CLÍNICA

Edifício Bacelar Work Center, 
R. Dr. Bacelar, 368 - Vl Clementino, Cj 51
São Paulo - SP, 04026-001

WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15.26
WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15.25
WhatsApp Image 2018-07-27 at 12.15
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.46
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.47
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.48
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44.45
WhatsApp Image 2018-07-27 at 11.44

Dra. Lia Lima -  Todos os direitos reservados. © 2016 

Tel.: (11) 3181-8283

(11) 97577-9922 

  • YouTube - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle