Blog

SAÚDE E BEM-ESTAR

Assine gratuitamente para receber dicas, atualizações e outros materiais.

Veja também...

Qual o Risco de Morte com a Cirurgia Bariátrica?


QUAL O RISCO DE MORTE COM A CIRURGIA BARIÁTRICA?


Quem nunca pensou no risco de morte ao receber a indicação de um tratamento, de qualquer doença, por via cirúrgica? Sabe-se que todas as cirurgias têm risco de morte, umas mais e outras menos, porém, todas possuem.

No caso da cirurgia bariátrica, indicada como tratamento cirúrgico para perda de peso em pessoas com obesidade de risco, levantam muitos questionamentos pelo paciente e a questão da morte é bem frequente!

O simples fato da pessoa que encontra-se acima do peso, muitas vezes, não sentir as complicações pelo seu excesso ou não incomodar-se com ele, reflete em aumento do medo de morte em realizar a cirurgia e os fazem, muitas vezes, desistir do procedimento.


Então se você é um desses casos, entenda abaixo a situação e tire suas conclusões!


Hoje, o Brasil ocupa o segundo lugar no ranking de países com mais cirurgias bariátricas realizadas de acordo com a SBCBM (Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica).

Observe abaixo como aumentou a taxa de cirurgias ao longo dos anos:

  • 2012 – 72.000 cirurgias;

  • 2013 – 80.000 procedimentos;

  • 2014 – 88.000;

  • 2015 – 93.500;

  • 2016 – 100.000 cirurgias.


São quase 30 mil pessoas a mais operadas dentro de apenas 4 anos, um crescimento cerca de 40%!😱

Isso está ocorrendo porque houve também um aumento da incidência de obesidade no país (cuja tendência é aumentar potencialmente com o tempo) e aumentou também, o perfil de obesidade, de forma que aumentou o número de obesos que são enquadrados nas indicações para cirurgia (você encontra as indicações nesse blog). 😉👍

Alem disso, o procedimento cirúrgico tem sido cada vez mais aceito pela população que sofre de excesso de peso, sendo a cirurgia bariátrica indicada com boas expectativas tanto pelos médicos e como pelos pacientes.


Qualquer procedimento escolhido para perda de peso, não só diminui os riscos, mas pode te livrar, de uma vez por todas, dos prejuízos da obesidade!

A cirurgia bariátrica é uma alternativa, que exige indicações restritas e acompanhamento multidisciplinar para que as taxas de benefícios obtidos com ela sejam muito maiores que a chance de desenvolver as complicações vindas dela.


O procedimento cirúrgico em geral é realizado pelo método de videolaparoscopia e tem complexidade elevada (realizado com pequenas incisões na região abdominal por uma das quais é introduzida uma câmera que guia o cirurgião), entretanto, o risco de complicação e morte é baixíssimo, entre 3% e 5%. A chance de um paciente bariátrico passar por complicações graves, que levam à morte, é semelhante à de uma cirurgia para retirar a vesícula biliar. Há centros que a taxa de mortalidade é menor que a literatura, e isso acontece porque há uma equipe bem treinada, que seguem as indicações das principais Sociedades que representam o assunto e que selecionam e treinam bem o paciente antes, durante e especialmente, após a cirurgia.

Vale lembrar que o tratamento clínico (mudança de hábitos com uso ou não de medicações para perda de peso) não comprovou a redução de infartos e morte por doenças do coração, apesar de mostrar vários benefícios a curto prazo que podem prolongar a vida.



No entanto, o estudo SOS, comprovou redução de infartos e mortes por doenças cardiovasculares, em pessoas que submeteram a cirurgia bariátrica em comparação com as pessoas que não submeteram, após média de 14 anos. Mostrou também a redução de chance de desenvolver doenças causadas pela obesidade, como diabetes, hipertensão e outras, mesmo após muitos anos da cirurgia. Foram por esses incríveis resultados que se concluiu que em alguns casos, deixar de indicar a cirurgia bariátrica para alguns pacientes de risco é permitir que ele fique na curva vermelha do gráfico abaixo, que aumenta a mortalidade com o tempo, comparado com a linha verde, que são aqueles que realizaram a cirurgia, e apresentaram menor desfechos de morte.

De forma que o procedimento, aumenta a chance de viver e não de morrer!😉🤞

Por hoje é isso, espero que gostem e deixem seus comentários!

Muito Obrigada, Mil Beijos e Fiquem em Paz


Dra. Lia Lima e Equipe de Bariátrica - Contato 11 - 975779922


Referencias:


Sjöström, L. "Review of the key results from the Swedish Obese Subjects (SOS) trial–a prospective controlled intervention study of bariatric surgery." Journal of internal medicine 273.3

Para mais

informações

Agende uma

Consulta!