Blog

SAÚDE E BEM-ESTAR

Assine gratuitamente para receber dicas, atualizações e outros materiais.

Veja também...

EXAMES E BARIÁTRICA

QUAIS EXAMES DEVO FAZER ANTES E APÓS A BARIÁTRICA

A CIRURGIA BARIÁTRICA é um procedimento cirúrgico que tem o objetivo de reduzir o peso para aquelas pessoas que não tiveram sucesso na terapia clínica para perda de peso (mudanças de hábitos de vida associada ou não a uso de medicações emagrecedoras) e que se mantém com peso excessivo, apresentando complicações da obesidade ou risco de desenvolve-las.


PRECONCEITO DE BARIÁTRICA. A cirurgia é comprovadamente benéfica nesses casos (ou seja, não é para todo mundo!) e reduz a taxa de mortalidade, de forma que essas pessoas vivem mais! Além disso, infelizmente, mas é verdade, a perda de peso, em estudos clínicos de mais de 10 anos de seguimento, a cirurgia bariátrica foi a única estratégia de perda de peso que apresentou menos reganho de peso nos pacientes. O tratamento clínico e o tratamento de mudança de hábitos de vida todos fracassam e a maioria dos pacientes, em 10 anos, apresentaram reganho de peso e representa a nossa realidade, concordam?


Dessa forma, a cirurgia bariátrica tem seu lugar de importância, dentro da medicina, para um grupo específico da população. Clique aqui e veja as indicações de bariátrica.

EXAMES QUE DEVEM SER REALIZADOS ANTES DA CIRURGIA.

Para identificar esse grupo específico de pessoas e para reduzir os riscos cirúrgicos é que existe uma lista enorme de exames antes da cirurgia. Leia abaixo os exames geralmente solicitados e a razão


[if !supportLists]1- [endif]Endoscopia digestiva alta (EDA) com pesquisa para Helicobacter pylori: para avaliação das condições do estomago, que precisa estar saudável, e tratar uma possível infecção por Helicobacter pylori antes da cirurgia de redução do estomago.

[if !supportLists]2- [endif]Polissonografia: a investigação de síndrome de apneia do sono pode ser uma alteração de indicação de cirurgia para aqueles pacientes com IMC>35

[if !supportLists]3- [endif]Exames laboratoriais endocrinológicos: muitos exames laboratoriais são solicitados aqui nesse item: afastar e tratar antes da cirurgia a diabetes, dislipidemia, doença tireoidiana, doenças raras que levam a obesidade, função renal, hepática, dosar e repor a falta de vitaminas e oligoelementos, etc

[if !supportLists]4- [endif]Densitometria óssea: É comum a perda óssea após a perda de peso acelerada, de forma que, uma densitometria prévia a perda de peso pode esclarecer ao médico que acompanha o paciente a velocidade de perda de óssea, saber se já existia perda óssea antes mesmo da cirurgia.

[if !supportLists]5- [endif]USG de abdome total: avaliação do tamanho do fígado e se é gorduroso, para orientar ao cirurgião antes mesmo do procedimento, além disso, esteatose hepática pode ser um critério de indicação de cirurgia bariátrica em pacientes com IMC>35.

[if !supportLists]6- [endif]Espirometria: Indicado para avaliar a capacidade respiratória já que uma alternativa de procedimento cirúrgico é por meio de videolaparoscopia e, durante o procedimento, o abdome é insuflado com ar, que pode causar compressão da área respiratória.

[if !supportLists]7- [endif]Avaliação cardiológica: ecocardiograma, mapa, teste ergométrico e avaliação de especialista, uma vez que muitos obesos apresentam doenças cardíacas e a investigação antes da cirurgia e tratamento reduz o risco cirúrgico.

[if !supportLists]8- [endif]Avaliação anestesista: pode necessitar exames pré-cirúrgicos.

[if !supportLists]9- Avaliação psicológica: não solicita exames, mas visa afastar doenças mentais agudas que podem prejudicar a recuperação cirúrgica, como aumentar risco de doenças mentais após a bariátrica e causar reganho de peso. A avaliação psicológica minuciosa e exigente é essencial para o sucesso do tratamento.

[if !supportLists]10- [endif]Avaliação nutricional: não solicita exames, e objetiva orientar a autopercepção de erros alimentares que levaram a obesidade atual e instituir mudanças de comportamento, orienta a nutrição durante a bariátrica e dá seguimento após a cirurgia. A avaliação nutricional antes do procedimento cirúrgico é também essencial para a manutenção do novo peso após a bariátrica.


Obs: exames além dos descritos acima podem ser solicitados de acordo com cada caso.

QUAIS EXAMES DEVO FAZER APÓS REALIZAR A BARIÁTRICA?


O reganho de peso após a bariátrica ocorre em uma minoria da população que realizou o procedimento, no entanto, se você está pensando em realizar essa terapia como forma de perda de peso, é melhor você saber o que fazer para não entrar nessa estatística. São justamente as pessoas que param de fazer acompanhamento médico após a cirurgia que costumam ganhar peso e levar ao fracasso do tratamento.


VOCÊ ESCOLHEU A BARIÁTRICA! Ninguém obriga um individuo a realizar a cirurgia bariátrica, ela é um procedimento eletivo e não obrigatório. É importante que o paciente se responsabilize das mudanças que comportamento que ele deverá realizar após a cirurgia como também a necessidade de uso continuado de reposição vitamínica e acompanhamento medico. Uma vez que o paciente tem essa consciência e segue as orientações, sem duvida ele será um caso bem sucedido!


Exames após a bariátrica em geral são:

[if !supportLists]1- [endif]Exames laboratoriais metabólicos e nutricionais.

[if !supportLists]2- [endif]Endoscopia digestiva alta (EDA) geralmente 6 meses após a bariátrica para avaliar se o procedimento cirúrgico se encontra em bom estado. Não há necessidade de EDA de rotina após a bariátrica, ao menos que o paciente apresente algum desconforto em que esse exame auxilie no diagnostico ou tratamento.

[if !supportLists]3- [endif]Densitometria óssea: deve ser realizado anualmente em todos pacientes bariátricos, pois a perda acelerada de peso pode levar a perda óssea precoce, havendo em alguns casos, necessidade de tratamento.

[if !supportLists]4- [endif]Ultrassom de abdome meses após a cirurgia para avaliar estado do fígado e regresso da esteatose hepática em pacientes que apresentavam doenças hepáticas antes do procedimento.


</